terça-feira, 14 de julho de 2015

Voltando Para Casa






No céu, roxos e dourados
Mesclados entre os azuis,
Explosão de avermelhados...
Os gritos das maritacas,
Bem-te-vis e sabiás
Voltando para casa.

Nas ruas, faróis de carros
Iluminam o crepúsculo,
A confusão das calçadas
As padarias lotadas,
As crianças e os adultos
Voltando para casa.

Cachorrinhos nos portões,
Pelas vidraças, as luzes,
Os jantares e os banhos,
Pés descalços nos tapetes,
O final de uma jornada...

Quem dera que seja assim
A morte, ao menos, espero
Que seja como essa hora
Tão confusa e tão bonita:
Hora de voltar para casa.







10 comentários:

  1. Esta é a imagem q faço da hora final ... confusa mais tranquila ... hora de voltar para casa ...

    ResponderExcluir
  2. Também espero que essa hora seja tranquila ,sem dores e linda! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Olá Ana!
    Esta linda poesia me lembra minhas idas e vindas, do apartamento na cidade e na casa da serra, toda semana minha vida muda um pouco e eu adoro sempre, tão bom ter este privilégio a nós concedido.
    Linda poesia, adorei!
    beijo carioca

    ResponderExcluir
  4. Lindo olhar no cotidiano e sensibilidade nos movimentos.
    E que seja leve esta passagem.
    Uma semana que esteja bela Ana.
    Meu abraço

    ResponderExcluir
  5. A casa: e todos pensam que é esta.
    Mas porque não nos completa? Porque buscamos mais além`?
    Mistérios que a vida- nossa- tem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. O burburinho da vida encanta almas sensíveis, na observação desse retorno ao lar. Creio que se distancia, por perder a importância, na volta para a verdadeira casa, aquela de onde partimos e à qual vamos um dia regressar. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá Ana finalmente devagarinho estou voltando, veio um rodamoinho tirou tudo do lugar inclusive, demorou meses mas agora passou. Menina que perfeição este poema, e a última estrofe perfeita fazendo a emoção vir a tona, parabéns, bjos Luconi

    ResponderExcluir
  8. Quem dera Ana, que seja suave o nosso retorno à casa, com a serenidade de tudo ter feito aqui, com nosso dever cumprido.
    Muito lindo, obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

O que Tem na Sua Playlist? Uma Interação

Inspirada por um comentário de paulo Bratz a um de meus posts, que fala sobre um aparelho de som que comprei na Black Friday,...