CÉU NOTURNO




Aquela foi a maior estrela
Que já vi da minha janela!
Parecia uma joia branca
caída dos vestidos
De um deus distraído.

E ela se arrastava
De leve, pelo céu
Buscando aquela saia
Que a abandonara...

-Achou-a, finalmente,
Nos véus da madrugada?




Comentários

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos