segunda-feira, 13 de julho de 2015

TEARS





TEARS

I've finally found out
that most of the tears I cried
Were not mine.
They dropped from other eyes,
so clear, salty and bright
-but they were not mine.
Yet I have on my face
all the tracks
They've left behind.




Dedicated to the best English teacher of all times - Chris Dupont

tradução:

Finalmente eu descobri
Que a maior parte das lágrimas que chorei
Não eram minhas.
Elas caíram de outros olhos,
Tão claras, salgadas e brilhantes,
-Mas elas não eram minhas.
Mesmo assim, tenho em meu rosto
Todas as marcas
Que elas deixaram.



8 comentários:

  1. Oi Ana!
    Uma bonita dedicatória, com belas palavras.
    E a imagem - belíssima!
    Abração esmagador e ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Muito bela a dedicatória. Mesmo que as lágrimas não sejam nossas, quando acompanhamos o sentir de outrem ficamos com suas marcas. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Forte mas verdadeiro isto ... elas nem sempre são nossas, mas as marcar são ...

    ResponderExcluir
  4. Quando, finalmente, entendemos que não são nossas, embora nos tenham marcado, encontramos a paz verdadeira.
    Ana muito profundo, obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  5. Ando tão chorona que me vi nos seus versos.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Simples e marcante,adorei.
    Que bom que gostou do blog,
    usei muito tempo a cor preto.
    Mas as mudanças são necessarias,
    sempre.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Lindo, Ana.
    Uma bela homenagem/dedicatória. Ouvi uma música dele no youtube-"Forgiveness". Maravilhosa!
    As lágrimas derramadas por outrem costumam nos deixar o mesmo sabor delas quando tocam nosso ser com a mesma profundidade com que foram vertidas.
    Sou daquelas que não posso ver uma pessoa chorar que as lágrimas já despontam em meus olhos, ou, em outra hipótese, no coração.

    Ótimo dia.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

MINHA MISSÃO É ESTAR AQUI

Estava lendo  uma entrevista da psicóloga e personal coach americana Laura Ciel, no qual ela fala sobre aquele momento (momen...