quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

NUNCA







"Nunca" é uma palavra truncada,
Algemada fortemente a um não 
Arranha, sem dó, um coração 
E deixa todas as bocas caladas...


"Nunca" é palavra definitiva,
E é para sempre, se proferida,
Limite, cerca, porta fechada,
Nada mais promete, e não quer nada...

Nunca digo nunca; tenho medo
Desse sombrio degredo que ele guarda,
"Talvez" pode ser melhor palavra,
Ou quem sabe o silêncio e o segredo...



5 comentários:

  1. Olá, querida Ana
    Silêncio e segredo são palavras que estão na minha lista de prioridades...
    Bjm fraternal

    ResponderExcluir
  2. Também não gosto de nunca!! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Olá, Boa noite,Ana,
    não sabemos o que nos espera e é com essa dúvida que devemos viver, pois ela nos faz parar , pensar e quando menos esperar, teremos grandes oportunidades de fazer o que dissemos Nunca ... principalmente se há sentimentos envolvidos...
    Agradeço pelo carinho,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  4. Bonito poema com o NUNCA...
    Usá-la com cautela, eis a questão...

    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...