segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A Fé









...E  foi no templo vazio
que ela descobriu:


-A fé era a luz
Que entrava pelos vitrais
Filtrada pelas cores,
E não a escuridão do templo.

-A fé era o silêncio que calava
Nas entrelinhas das perguntas que nunca foram respondidas,
Era o que caminhava muito além das coisas aparentes,
Além da própria vida.

-A fé era o que jazia após o Amém,
Aonde nunca ninguém ia,
Lugar no qual, após a correnteza das palavras,
Ninguém pensava...

-A fé era a flor que brotava
Do vaso raso e côncavo do coração
Quando a dor apunhalava.

-A fé era amar sem saber-se amada,
Acreditar no que ninguém mais acreditava,
Era um olhar para trás e aguardar
Antes de voltar a caminhar,
Toda vez que uma outra porta se fechava.




12 comentários:

  1. Definição de uma fé descoberta...
    Bonito texto!
    Um Bom Dia... Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Devemos carregar a fé sempre juntinha de nós

    bjokas=)

    ResponderExcluir
  3. Tão linda ficou esta fé, que não olha para trás para se lamentar, apenas para espelhar de como se portar para prosseguir.
    É lindo viver sob os cuidados desta fé cega, que fecha os olhos e atravessa o abismo, que é este viver diante de tantas ventanias.
    Aplausos Ana pela bela criatividade.
    Uma linda semana a voce com meu carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  4. A fé toca os céus dos nossos corações! abraços

    ResponderExcluir
  5. Lindo, pois a fé é que nos mantém vivos!
    Amei ler minha linda amiga, abraços bem apertados para você nesse começo de semana!

    ResponderExcluir
  6. A fé é a beleza de versos tão lindos que emocionam o nossso coração.
    Lindo poema!....
    Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana
    A fé não se explica, vive-se, ela transcende e eleva a alma.
    Bjux

    ResponderExcluir
  8. Lindo! Lindo!
    A fé é uma força estranha ,inexplicável e impulsionadora.
    Inspiração divina, Ana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Ana como é linda sua definição de fé, é a forma pura de acreditar que há algo superior a nós e, que vale a pena ter esperança, para continuar nosso caminho. Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  10. Impossível não aplaudi-la, Ana! Parabéns por esse talento que muito admiro. Nem há o que dizer, além de belíssimo poema. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

REFLEXÃO

Já muito andei sem enxergar, sem ver, O que me fez e me desfez, a fome... "Ana" é o nome que alguém me deu, M...