sexta-feira, 9 de setembro de 2016

CHE






Pensamentos de um dos maiores assassinos que já pisaram sobre a face da terra.





"Querido pai, hoje descobri que realmente gosto de matar"




"Execuções?", gritou Che Guevara enquanto discursava na glorificada Assembléia Geral da ONU, em 9 de dezembro de 1964. "É claro que executamos!", declarou o ungido, gerando aplausos entusiasmados daquele venerável órgão. "E continuaremos executando enquanto for necessário! Essa é uma guerra de morte contra os inimigos da revolução!"



"Eu não preciso de provas para executar um homem. Eu só preciso saber que é necessário executá-lo!"



"Sempre interrogue seus prisioneiros à noite. A resistência de um homem é sempre menor à noite".




"Estou aqui nas montanhas de Cuba sedento por sangue"




"...Fazer com que o individualismo desapareça de Cuba! É criminoso pensar como indivíduos!"



"...Evidências jurídicas são um arcaico detalhe burguês".



"Não tenho casa, não tenho mulher, não tenho pai, não tenho mãe, não tenho irmãos. Meus amigos só são amigos quando eles pensam ideologicamente como eu".














Um comentário:

  1. Nossa Ana! O cara era um louco varrido! Muito boa sua postagem para mostrar quem é quem no mundo! bjs,

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Parceiros

VOZ

    Voz que viaja, se erguendo De sustenido a sustenido Mas nunca chega a um par de ouvidos.   Voz que se eleva, e que grita, Aflita, inflam...