quinta-feira, 6 de novembro de 2014

O Chá




-Eu penso em pássaros,
Em voos, em asas,
Em sonhos, em nuvens,
E casas no céu.

-Eu penso em esquilos,
Em amoras, mirtilos,
No açúcar das xícaras,
Nos doces croissants.

-Eu penso em sapos,
Em grilos, espinhos,
Desfaço os ninhos,
Esmago os doces,
Afio as foices...

-Eu penso em peixes,
Em mares e mágoas,
Nas águas salgadas
Afogo meus medos.

-Eu penso em dores,
Em lágrimas, cortes,
No sul sem norte,
Eu penso na morte...

Tomemos o chá
Da nossa união,
Confraternizemos
Nossas diferenças,
Afrouxemos o peso
Dessas prensas
Tão ajustadas,
Que esmigalham
Nossa existência.

Para que possamos
Conviver,
Co-existir
E não matar,
E não morrer.


6 comentários:

  1. Lindo Ana.
    O chá da união que não sabe da morte e deseja toda sorte.
    Perfeita construção/inspiração.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, bem inspirado, o chá da união, precisamos muito disso!
    Abraços linda amiga, amei ler esses lindos versos bem rimados!

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo, querida Ana!
    Posso dizer que um dos meus favoritos.
    Abraços e ótimo dia.

    ResponderExcluir
  4. O ser humano precisa aprender a lidar com as diferenças e saber respeita-las.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Olá Ana
    Tomemos o chá para amenizar as mazelas da vida.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. A diversidade desta tua página inicial é fantástica Ana.
    Como procurar por um bom vinho mesmo não tendo o conhecimento das uvas...
    De repente paro nessa postagem e aprecio um bom gole.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Há Flores Espirituais em Mim

Uma participação dedicada à amiga Rosélia, pelo oitavo aniversário de seu blog: Sinto que há flores espirituais em mim ...