domingo, 5 de outubro de 2014

UMA REFLEXÃO SOBRE O MUNDO DOS BLOGS







Meus blogs, e seus índices até o dia de hoje:

-Liberdade de Expressão, aberto em Março de 2012 – 1278 postagens, 285 seguidores e 102.664 exibições de página.

-Passagem , aberto em dezembro de 2012 – 271 postagens, 263 seguidores e 99.463 exibições de página.

-A Casa & a Alma, aberto em julho de 2013 – 111 postagens, 63 seguidores e 26.111 visualizações de páginas.

-Histórias, aberto em fevereiro de 2013 – 200 postagens publicadas, sendo que muitas delas são contos em capítulos; tem 106 seguidores e 40.939 visualizações de páginas.

-Nada a Dizer, aberto em novembro de 2013 – blog apenas de imagens, com apenas 33 seguidores, 84 postagens e 4.984 visualizações de página.

Como vocês podem ver, mantenho meus blogs simplesmente porque gosto de escrever e ler, não tendo qualquer interesse além destes. Devido à pouca receptividade e pouquíssimos visitantes, considero meus blogs espaços quase anônimos no mundo virtual; mas meu objetivo é apenas registrar meus pensamentos, contos e poemas.

Desde que comecei a realmente fazer uso dos blogs, em março de 2012 (não considerarei minha primeira entrada por aqui em 2009, que foi breve e muito mal-sucedida),  pude observar, através de minhas próprias experiências e das experiências relatadas por outros usuários, uma série de coisas das quais falarei nesta postagem. 

Blogar não é fácil; é para quem tem persistência e muita paciência. Existem uma série de problemas nos blogs do Google, que, não sei ainda porque, o suporte ainda não deu jeito, apesar de toda a tecnologia disponível nos dias de hoje e do grande lucro que o Ad Sense pode proporcionar-lhes. Vou listar alguns deles, que já aconteceram comigo ou com outros blogueiros:

-O blog desaparece misteriosamente, com todas as postagens. Todo o trabalho, dedicação, tempo e carinho simplesmente somem dentro do nada, sem que ninguém possa dizer o que ocorreu, e alguns deles, nunca mais voltam a aparecer. Acho que este seria o mais grave dos problemas.

-O que sempre acontece comigo: ao digitar um comentário, o blog recarrega de repente, e tudo o que foi digitado desaparece. Após vários minutos lendo a postagem e escrevendo um comentário (às vezes, mais de vinte minutos), o blog volta a carregar e some com o que comentamos. Começar tudo de novo? Só quando dá tempo... o comentarista acaba perdendo o pique, e talvez por este motivo, os blogs em geral tenham tão poucos comentários. Por isso, geralmente mantenho meus comentários bem breves.

-As pessoas seguem o link postado em alguma rede social – Facebook, por exemplo – chegam até o blog e não conseguem abri-lo. Após tentarem duas ou três vezes, acabam desistindo. Isto pode acontecer quando o blog está “pesado”, ou seja, cheio de imagens e widgets, músicas e selinhos; mas apesar de tentar manter meus blogs sempre leves, isto também constantemente acontece comigo. 

- As pessoas até conseguem abrir o blog, mas ao tentar comentar, não conseguem. Irritadas, não voltam nunca mais. 

-A conexão de internet está funcionando normalmente em todos os sites que frequento, mas quando tento acessar algum dos meus blogs, ela desliga ou torna-se muito lenta de repente. Este estado irritante de coisas pode durar semanas ou meses! Não consigo postar, ler ou comentar nada. Nestas horas, sinto vontade de apagar tudo e desistir.

-Li reclamações de outros usuários cujos blogs foram retirados do ar sem explicações, após sofrerem denúncias. Antes de serem apuradas tais denúncias (e pelo menos em um dos blogs eu tenho certeza absoluta de que tais denúncias foram totalmente infundadas), o blogger retira o blog do ar, sumindo com as postagens do autor.

-Ao tentarmos abrir uma postagem, bugs nos direcionam para sites pornográficos ou de propagandas. Acredito que o dono do blog nem sequer sabe da existência de tais links associados ao seu blog, e por isso, acaba perdendo seus leitores, e ainda corre o risco de ser denunciado.

-Dezenas, centenas de spams nos comentários. Abrimos nossa caixa de emails, e lá estão centenas de comentários imbecis em inglês, pedindo que acessemos tais e tais links a fim de conhecermos seus ‘produtos.’ Uma vez, em uma só postagem, tive que apagar mais de vinte destes comentários feitos em apenas dia!

-Inocentemente, acessamos um link em nossa lista de leitura e, sem qualquer aviso prévio, deparamos com blogs de pornografia pura e simples, com imagens grosseiras e sem classe, sem qualquer teor artístico ou erótico – apenas baixaria. Acho isso abominável, pois muitas vezes, a pessoa que acessa o link o faz inocentemente, e pode estar acompanhado de alguma criança ou amigo, criando uma situação tremendamente constrangedora. Geralmente, tais blogs tem nomes comuns, que nem sequer causam no leitor a desconfiança de que tratam com material pornográfico.

-A lista de leitura simplesmente desaparece, o que também pode durar dias, semanas ou meses! Não ficamos sabendo das postagens dos blogs que seguimos.

-Ao tentarmos seguir um novo blog, o blogger nos bloqueia, alegando que ultrapassamos o número permitido de blogs a serem seguidos. Onde já se viu?!
-Ao tentarmos relatar tais (e outros) problemas, não recebemos resposta – nem mesmo um email de confirmação automática. 

Bem, como eu disse no início, administrar um blog exige paciência e muita perseverança. E é claro, muito carinho e amor pelo que se faz. Quanto a mim, é apenas o meu amor pela escrita que me faz manter meus blogs, apesar de tantas dificuldades.

Mantenho uma escrivaninha em outro espaço que é pago, simplesmente pela facilidade nas postagens, leituras e comentários que o espaço oferece. A navegação é leve e fluida, a colocação de imagens é fácil e os recursos oferecidos são os mesmos que os do blogger; porém, a formatação é muito mais simples e acessível. Se eles podem, por que não o blogger? Por que não mudam o formato dos blogs, facilitando a navegação entre eles? Com certeza, se isto fosse feito, muitos dos que hoje pagam por um espaço virtual para postar seus escritos, migrariam para o blogger.

E você: quais problemas enfrenta, e por que continua a blogar?



12 comentários:

  1. Olá, Ana! Comecei a escrever no blog, nem sei bem porquê! De repente ele passou a fazer parte do meu cotidiano exigindo disciplina, o que só me faz bem.
    Tive a sorte de ter bastante receptividade e um grande número de comentários a que faço questão de responder. Só que esse compromisso exige tempo e eu, como toda a gente, tenho pouco. Daí que as minhas incursões por blogues que realmente me agradam sejam poucas.
    Os defeitos que apontou ao blogger, subscrevo na totalidade.
    Bom domingo.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  2. Ana Bailune, sobre o teu post que dizer? Já uma vez me desapareceu tudo. Sempre imaginei ter havido maldade de terceiros. No entanto, recorri à ajuda e em pouco todo o painel estava reposto. Foi já há anos, Depois nunca mais tive problemas. No entanto já tenho lido queixas e acredito mais em hakers , do que propriamente, em falhas do Blogspot.
    Como adoro escrever, faço dos meus espaços a minha sala de visitas e não uso criar espaços complicados. Esses a maior parte das vezes não facilitam os comentários.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Amiga bem sabia que tem tantos blogues, nem sei o link dos outros.
    Até á data felizmente nunca me aconteceu desaparecer um dos meus blogues.
    Sobre os comentários já me sucedeu imensas vezes aquilo que refere neste seu
    post. Eu gosto dos blogues, gosto de receber visitas e comentários,mas depois
    falta-me o tempo para retribuir, e esse tem sido o meu grande dilema.
    Para que os blogues não fiquem muito pesados, apaga o inserido em anos
    atrasados, deixando normalmente o ano anterior e o actual.
    Que eu saiba nunca denunciaram os meus blogues, mas pelos vistos qualquer
    pessoa mal intencionada o poderá fazer. Diremos então que tenho tido sorte.
    Bj. e resto de bom domingo.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  4. Todos encontramos problemas ao blogar, comentar, mas continuamos pois adoramos.Prova disso é que mesmo em férias aqui estou.bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  5. Voltemos ao papel!

    Que blogue seja nosso céu e inferno
    Porque, blogueiros, nós somos seita
    Pois enquanto dure que seja eterno
    Qualquer blogue infenso a coisa feita.

    Web internética esse meio hodierno
    Nem de longe é uma mídia perfeita
    Que por motivo desconhecido interno
    Faça nosso escrito ter vida estreita.

    Blogueiro escorreito, assaz moderno
    No interior de seu bom texto enfeita,
    Mas vem um maldoso vírus do inferno
    Apaga toda a escrita então se deleita.

    Assim, mais vale escrever no caderno
    Onde maldição do blogger não espreita.

    ResponderExcluir
  6. Ana, já me aconteceu, várias vezes, tentar abrir o espaço para comentário, em blog amigo, sem conseguir. Desisto (rss). Já recebi avisos de amigos no sentido de que seus espaços foram denunciados pelo conteúdo, quando são eles de muita qualidade, nada contendo que merecesse desaprovação. Alguns, tentei seguir inutilmente, recebendo aviso para utilizar outro e-mail, já que o anterior havia sido bloqueado pelo administrador , fato que levo ao conhecimento dos interessados e não se conformam.
    Quando, como você, digito um comentário maior, envolvendo aspectos que considero interessantes, e eles somem no momento da publicação, fico irritada e escrevo outra coisa, lamentando o incidente.
    Não permito comentários anônimos nos meus espaços porque não aguentava mais as propagandas em outros idiomas.
    Gosto de ter locais para escrever, sem policiamento ou interesse em avaliação, pois não aspiro qualquer reconhecimento, senão a leitura dos amigos. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Blogueira,
    meu blog é meu espaço, trata-se de uma interação comigo para que eu possa ler e ver no mesmo lugar, meus registros fotográficos e meus ensaios escritos sobre metafísica. Ponto! Óbvio que a coisa evoluiu..
    Sabendo disso e com meu Bem Estar instalado, curto a interação e participar dos assuntos que interessam aos outros blogueiros. LUZNOPAPEL até hoje não sofreu problema algum, apenas quando resolvi mudar o estilo para Visualizações Dinâmicas, que é uma merda e prontamente voltei para o modelo usual. Não sinto que blogar é trabalhoso e que ocupa muito de meu tempo...faço oque me faz bem rs...
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Minha amiga Ana, gostei de ler sobre o assunto, pois nem sempre tenho tanta noção dos problemas, pois se é por sorte ou não, nunca tive problemas nenhum,bem sabes, tenho dois blogues, o Poemas sem Peias (de poemas) e o Levitar em Brancas Nuvens (de prosas), ambos bem simples, os uso com o mesmo prazer que tens com os seus lindos blogues, sem nenhum outro interesse que não seja o de simplesmente escrever!
    Amo esse meu exercício, me mantém de mente aberta, ler, escrever, visitar e comentar, bem assim como estou fazendo aqui!
    Amei ler e é isso!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  9. olá Ana
    estou na blogesfera desde 2004 e nunca me aconteceu nada de relevante.
    apenas uma vez mandaram-me um vírus e quem acessava recebia uma mensagem que aquele blogue (o meu) era um vírus, tentei avisar os meus leitores que era apenas uma brincadeira de alguém mal intencionado, mas a maioria, tirou logo o link e acho que nunca mais me visitaram.
    fiquei muito triste e aborrecida, mas nada podia fazer.
    de resto ando e vou andar aqui com os meus blogues o de literatura e o das fotos.
    boa semana.
    obrigada!
    :)

    ResponderExcluir
  10. Eu tento comentar até conseguir.
    Agora me irrita demais o Google +, nem sempre consigo atualizar a minha página e sinceramente nem sei pq.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana! Tenho problema pra comentar em alguns blogs específicos. Até já sei que não vai entrar o que escrevi e copio antes de clicar em publicar para não ter que escrever tudo de novo...isso quando me lembro! Tb somem coisas do meu blog e já teve gente que reclamou que está lento pra entrar ou que não consegue comentar. Eu tiro algumas coisas, tento limpar um pouco pra ver se melhora. Quanto a blogar confesso que estou entrando em ferias...rss...ando um pouco cansada! Texto mais que sensato e tem tudo a ver! bjs,

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana, tenho tido todos esses problemas ao entrar nos blogs, às vezes, até desisto de comentar. Como tem muitos dias que nem consigo acessar, então, acho que é a minha conexão e passo para o próximo. Minha caixa de entrada vive inchada, por conta disso, gosto muito de visitar os amigos, como gosto de compartilhar, porque acredito que sempre tem alguém que pode gostar ou precisar daquela postagem.
    Adoro escrever e o blog é o ideal, quase ninguém acessa, assim posso colocar minhas dores e amores, acho melhor que escancarar na rede social. Quando mostrei para a minha psicanalista, ela me incentivou a continuar escrevendo é uma forma de extravasar meus pensamentos e ela tem razão, pois me acalma. Mantenho um diário no rascunho de outro blog.
    Como já falei muitas vezes, sou lerda para internet e outros relacionados, então eu tenho um anjo, "personal bloguer", que é a Elaine Gaspareto, que me mantém conectada e está sempre ajeitando os meus blogues. Sem a Elaine eu já teria desaparecido. Agradeço por tocar nesse assunto, agora sei que não sou só eu que tem esses problemas, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

REFLEXÃO

Já muito andei sem enxergar, sem ver, O que me fez e me desfez, a fome... "Ana" é o nome que alguém me deu, M...