quarta-feira, 5 de março de 2014

VOU LEVANDO




Olha, eu vou levando a vida
Enquanto ela for me levando,
Pelo tardio das horas
Que o relógio vai marcando,
A tarde já vem morrendo
E as cores, desbotando...
E eu vou levando a vida
Enquanto ela for me levando...

Água seca no açude,
E caminhos vão se marcando
No chão batido das trilhas
Conforme eu vou caminhando...
É tarde para voltar,
A vida é mais que a metade,
E sempre a me acompanhar
Segue, de longe, a saudade...

E eu vou levando a vida
Enquanto ela for me levando,
Os dedos abrem feridas
Que estavam cicatrizando
Mas não doem; são dormentes
De tanto que se acostuma
Aos mesmos filmes passando
Sem haver mudança alguma!

E assim, eu levo a vida
Enquanto ela for me levando...
Passam dias, meses, anos,
E com eles, vou passando...
E um dia, eu sei que findo
Mas sem qualquer desencanto
Pois a vida sempre colhe
O que ela vai plantando...


6 comentários:

  1. Lindo modo de levar a vida deixando que ela te leve.bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Amiga, a Vida é de sabedoria, nós que muitas vezes a tentamos driblar, sendo assim se colhe o que se planta, mas é bom deixar a vida nos levar, eu deixo, não forço muito a "barra", pois o que é de dar certo com certeza dá!
    Amei o poema, lindos versos sobre "levar a vida"!
    Abraços minha amiga!

    ResponderExcluir
  3. Assim é vida...
    Não adianta tentarmos adiarmos algo ou retardar o tempo !
    Tudo tem seu tempo para acontecer, o momento certo de ser...
    A vida vai nos levando e as poucos tudo vai se encaixando !

    Beijocas e uma linda semana para você =D

    ResponderExcluir
  4. Se dançamos com ela, de acordo com o ritmo que nos apresenta, plantaremos e colheremos no tempo certo. Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Anoitecer Suavemente...

Anoitecer devagarinho, Suavemente, Como uma teia de aranha que voa Pelo ar, Brilhando sem se notar... Anoitecer sem p...