terça-feira, 6 de outubro de 2015

Tu És Meu Brilho










Tu és  meu brilho,
Meu estribilho
Nesta canção...
Na noite escura
De solidão
Tu te estendes,
Em meu caminho,
Pois és meu trilho.

És minha luz
Quando escureço,
Brilhando firme
Sobre o rochedo,
És meu abrigo
E proteção
Contra o mau tempo,
Quando eu me entrego
À  ilusão.

Tu és a rota
Segura e firme,
O meu farol
No mar bravio.
Se tenho medo,
Me apascentas,
Digno e calmo
Em teu rochedo.

Tu és meu brilho,
Meu estribilho,
O meu amor,
Minha lição...


Convido você para conhecer meu novo blog!



http://anawindown.blogspot.com




7 comentários:

  1. Fabuloso este TU ÉS MEU BRILHO !
    Estou absolutamente rendido , Ana !

    Um beijo luminoso.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, é maravilhoso poder dizer que há quem nos ilumine, nos dê apoio e nos faz sentir essa linda inspiração, amiga, eu também sinto que tenho isso, luz, apoio, amor!
    Bela identificação senti aqui em seus lindos versos!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  3. Como é bom sentir e admitir que temos uma proteção,
    nos fortalecemos e nos tornamos imbatíveis.
    Obrigada, Ana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Ana Bailune

    Além de bonito, o poema é bem ritmado. O ritmo é-me sempre agradável,
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...