segunda-feira, 3 de agosto de 2015

MAGIA



Magia é aquilo que se deita sobre a relva
Bem cedo, de manhã,
E depois se ergue em um fio
Pelo bico do passarinho,
Transmuta-se em canto.

Magia é aquilo que nos olha de dentro da neblina,
Entre a densidade branca e úmida
Que envolve os caules e as folhas,
Escondendo os picos das montanhas
E transformando, por instantes,
O mundo em Avalon.

Magia é aquilo que viaja com os ventos,
Entranhando-se em nossos cabelos,
Eriçando nossos pelos,
Fazendo cantar as frestas das janelas.

Magia é aquilo que se esconde atrás do luar,
No lado mais escuro
Onde nenhum astronauta jamais há de pisar.







2 comentários:

  1. Que seu dia seja regado de magia e alegria

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. E diria que magia é este encantamento das palavras em suas inspirações.
    Que leveza e beleza de construção Ana
    Uma alegre inspiração cheia de sensibilidade.
    Abraços com carinho.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...