terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Um de Nós



Um de nós
Estará, antes, 
Fora do alcance
De qualquer abraço.

Um de nós
Andará por esta casa
Achando imensos
Todos os espaços.

Segura no ponta
Do meu casaco
Quando eu passo,
Pois eu olho
E não te vejo,
Procuro,
E não te acho.



3 comentários:

  1. Um poema que sinto na alma.
    Eu também andei longe assim, fui viver e voltei.
    Amei a poesia, e admiro a poetisa.
    Beijinho Ana.

    ResponderExcluir
  2. Estou retornando de um descanso. Um poema que mostra uma situação que creio, muito acontece.
    Um abraço. Élys

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...