sexta-feira, 29 de maio de 2015

TE DEVORO





Respiro fundo
E te provo,
Com os olhos
Te devoro,
Com a mente
Te possuo,
Toco leve
Com as pontas
Dos meus dedos
A bainha
Da tua roupa.

-Te adoro!

Tua voz
Me acende,
Tua risada
Me enternece,
Teu olhar
Me descasca
Tal qual fruta
Suculenta,
Saborosa,
Mato a fome
Do teu caule
Em minha rosa.





4 comentários:

  1. Pra você que tem o domínio pleno das palavras! Meus aplausos... Sempre!

    ResponderExcluir
  2. Insinuante, provocante e bela mulher... Amei Ana, muito lindo,
    obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...