xmas

Free background from VintageMadeForYou

segunda-feira, 11 de maio de 2015

TAO TE CHING







Da obra deixada por Lao Tse, o Tao Te Ching:


"Devemos considerar nosso brilho a fim de que nos harmonizemos com a escuridão dos outros."






"Todas as coisas fluem sem timidez. Elas crescem, e nenhuma interfere no fluxo natural. Sem expectativas nem orgulho, elas realizam o que devem realizar. É a sua falta de apego ao mérito da realização que faz com que sua energia jamais as abandone."





"...Quando nos abstemos de intervir reina suprema a ordem universal."





"Assim também os sábios, ao lidar com as pessoas, não se preocupam em ser benevolentes, mas antes em permitir que a natureza dos homens se mova livremente."




"Deixe que a alma voe livremente entre os indivíduos e a sociedade, sem desejo de status. Enquanto os portões do céu se abrem e tornam a se fechar, planemos como as gaivotas. Deixe que a inteligência penetre todas as regiões, livre da gaiola da intelectualidade. aquilo que cria e sustenta toda a vida jamais clama por sua posse. seu abraço abarca a todos, mas não exige gratidão. Comanda tudo, mas jamais exerce autoridade alguma. esta é a "qualidade misteriosa" do Tao."








O vir a ser 

Trinta raios convergem e se unem ao centro da roda da carruagem; mas é o vão que permite a entrada do eixo e faz o carro rodar. O barro é modelado pelo artesão num belo jarro; mas é o ,espaço vazio dentro dele que permite que o preenchamos com água. as portas e janelas são cortadas das paredes da casa; mas é o espaço vazio que delimitam que permite que possamos entrar e sair. Assim é que produzimos tudo o que é útil para delinear os limites do espaço; mas é o espaço, isto é, o vir a ser, que possui valor real."




"Quem pode purificar a água do lamaçal? Deixe-a desaguar na Tranquilidade, que lentamente se purificará. Quem pode assegurar o descanso? Deixe que o movimento corra pelo Meio, que ele alcançará a paz em si mesmo."




"Quando governantes perdem sua confiança, as pessoas perdem sua fé nos governantes. Como eram hesitantes os antigos governantes! Governavam sem discursos, como se não estivessem lá. Suas obras pareciam construir a si mesmas, e seu reino era tão próspero que as famílias afirmavam em coro: "Graças a nós é que tudo vai assim tão bem!""




"No ocaso dos tempos somente um vaso ainda vazio receberá da água da Fonte."




"Aquele que se abstém de falar (exceto quando é necessário) é aquele que obedece a espontaneidade de sua própria natureza."









"O curso da natureza é como um fluxo. O que estava na frente agora está atrás. O que estava aquecido, encontramos congelando. algumas batalhas são ganhas através da força, e outras, pela fraqueza. Hoje predador, amanhã a presa. O sábio, portanto, procura evitar os excessos, as extravagâncias e a arrogância."



"A conexão superficial é apenas uma flor do Tao; é o princípio da estupidez. Dessa forma, o grande homem retém apenas a essência, e atira a casca fora. Mora junto ao fruto e não se deixa seduzir pela flor. Eis o que sua vontade determina."



"A raiz da grandeza é a humildade. O que é elevado fundamenta no que é baixo. Por esta razão os príncipes e reis se referem a si mesmos como "órfãos," "de pouca virtude," "sem mérito.""




"aquele que se contenta com o que tem e o que é não deve temer a opinião alheia. aquele que sabe quando parar, está livre do perigo e reinará sobre si, sem preocupações."



"Não perca tempo apreciando sua obra prima, renove seu vigor e encontre nova criatividade. Procure se manter num estado de vazio para que sua inspiração nunca esvazie. Sua grande arte ainda parece inexpressiva, e sua eloquência, um gaguejar."




A Viagem Para Dentro

É possível conhecer todo o mundo sem jamais haver cruzado uma fronteira. Sem haver olhado para fora através da janela, é  possível conhecer o Caminho do Céu. Aquele que se distancia de si mesmo é um estrangeiro no Reino. Dessa forma o sábio adquire conhecimento sem viajar. Confere os nomes verdadeiros para as coisas sem as ver. E conquista o que dita sua Vontade sem haver sequer desejado."



"Viver incessantemente não nos torna felizes. Prolongar a sobrevivência nos afasta da vivência. Quando as coisas se tornam fortes e imponentes, são represadas e envelhecem; isto demonstra que são contrárias ao Tao. Tudo o que é contrário ao Tao logo perece."



"Quando os céus castigam os homens, quem pode julgar a causa? O sábio observa aos homens e suas ações, mas raramente os julga."








"Aquele que deseja tomar o seu lugar se assemelha a alguém que quer substituir um exímio carpinteiro sem nunca haver manejado seus instrumentos. aquele que tentar usar o seu serrote certamente terminará por cerrar aos próprios dedos."




"Árvores e plantas são frágeis e macias quando novas, mas morrem secas e endurecidas. O endurecimento e a resistência são sinais de morte. A flexibilidade e a fragilidade são manifestações da vida. Assim, aquele que acredita na exibição da força, nada conquista; como uma árvore dura ostentando seus galhos rígidos, logo encontrará seu lenhador. Portanto, o lugar do firme e forte é embaixo; e do macio e fraco, em cima."




"Não poderá o caminho do céu ser comparado ao encurvamento de um arco? Os extremos são puxados para baixo, e o meio é elevado ao alto."





"As palavras sinceras nem sempre são agradáveis; as palavras agradáveis nem sempre são sinceras."





"Aqueles que contemplam o Tao não discutem sobre ele. Aqueles que discutem sobre ele ainda não contemplam o Tao. Aqueles que compreendem o Tao não são excessivamente intelectuais. Aqueles que são excessivamente intelectuais ainda não compreendem o Tao. O sábio reflete ao Tao, não o acumula para si. Quando mais o reflete adiante, mais se ilumina. Quando mais luz encaminha a vizinhança, mais luz possui dentro de si. Todos os espinhos no Caminho para o Céu: nenhum deles o macula. Ele realiza a Grande Obra sem qualquer ambição..."










2 comentários:

  1. Ana, foi na passagem da adolescência para a juventude que eu tive contato com uma obra de ou sobre Lao Tse. Infelizmente não me lembro qual, mas lembro como foi importante, como mexeu comigo naquele momento. E ver aqui essa cuidadosa publicação tua também foi especial!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Ana Bailune, por reproduzir um pensamento meu sobre o papel do educador. Tomei-o como uma homenagem. Grande abraço. Luiz

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Lula Livre?

Lula Livre? Gostaria de dizer o que me incomoda nesta frase. Não é bem a liberdade de Lula, mas a maneira como ela foi co...