O Jogo da Imitação - Resenha

Imagem: Google








TÍTULO ORIGINAL: IMITATION GAME

ANO: 2014
Diretor: Morten Tyldum
Autores: Graham Moore, Andrew Hodges (book)
Estrelando: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode

Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Alan Turin (23 de junho de 1912 — 7 de junho de 1954), matemático, lógico e criptoanalista que decifrou códigos de comunicação alemães para o exército britânico, ajudando a salvar as vidas de mais de 14 milhões de pessoas durante a Segunda Guerra Mundial, E encurtando em mais de dois anos a sua duração - um fato que foi mantido em segredo durante cinquenta anos pelos britânicos.
O verdadeiro Alan Turin

Mesmo após decifrar o código, Alan Turin foi acusado de espionagem e indecência por ser homossexual, e obrigado a submeter-se a tratamentos hormonais a fim de corrigir o seu ‘problema’ a fim de não ser condenado e preso.

O filme é excelente, e os atores, maravilhosos. Foi indicado ao Oscar em oito categorias, vencendo o de melhor roteiro adaptado.

Chocou-me o fato de que a sexualidade do matemático tenha sido considerada por muitos mais importante do que seus feitos a favor da humanidade, o que ressalta a hipocrisia e a ingratidão de muitos seres humanos. Foi através da “Máquina de Turin,” desenvolvida a fim de decifrar os códigos nazistas, que surgiram os primeiros computadores da história.

Alan Turim suicidou-se um ano após o início de seu tratamento para a ‘cura’ homossexual. Viveu e morreu em ostracismo, e apenas em 2009, o primeiro-ministro britânico Gordon Brown fez um pedido oficial de desculpas público, em nome do governo britânico, devido à maneira pela qual Turing foi tratado após a guerra. Em 24 de dezembro de 2013, Alan Turing recebeu o perdão real da rainha Elizabeth II, da condenação por homossexualidade.



A vida é irônica.








Comentários

  1. Sim, Ana, a vida é irônica e muito cruel com algumas pessoas.
    Excelente semana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Anna,tive a oportunidade de assistir a esse magnífico filme e também, diga-se de passagem, ao início da era da computação, pois foi através desse feito matemático que surgiu o primeiro computador. Um monstrengo de computador kkkk. Achei excelente a resenha. Muita luz e paz.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos