quarta-feira, 9 de março de 2016

BONECA




imagem encontrada no Google


Boneca com a qual alguém brincou,
E tantos disputaram,
Já foi esquecida na calçada,
Já ficou na chuva, 
Já passou a noite no frio, lá fora,
Queimou as mãos em outras luvas...

Boneca pequena, que todos amavam,
E todos queriam, e que protegiam,
Cresceu, e aos poucos, perdeu seu reinado
Deixada em um canto,
Perdeu cada encanto,
Tornou-se sucata!

Boneca tão triste, tão abandonada,
Cresceu tão sozinha, tão pobre, tão órfã,
Dos pais que viviam, do amor que morria,
Dos sonhos partidos, jogados na estrada!

Boneca, eu espero que estejas guardada
No alto do armário, Com vista pra casa
Que hás de habitar - e serás amada!

Tua dor, resgatada, teus olhos fechados
Tua alma encantada, Teu rosto molhado
Secando na brisa que vai te salvar,
-Boneca cansada de tanto esperar!



5 comentários:

  1. Respostas
    1. vixe! as feministas e alguns machos politicamente corretos vão escandalizar com este meu coment. kkkk

      Excluir
    2. Pois é... e que as meninas faziam a alegria das bonecas!

      Excluir
  2. Olá Anna
    Linda poesia usando a figura da boneca entrelaçada com o de uma moça.
    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ana Bailune
    As bonecas não servem apenas de brinquedos de criança. Há mulheres a coleciona-las, até para enfeites, sobretudo dos leitos de dormir.
    Assim, nos serves um bonito poema evocativo.
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Exageros

    Assisti a um vídeo na internet no qual uma drag queen montada dava palestras em uma escola para crianças que, aparentemente, t...