quinta-feira, 30 de maio de 2019

Mudanças de Paradigmas e Caminhos - Life by Lufe






E se eu te Dissesse?



...Que aquela pessoa que andava escondida,
Que afundava o rosto nos pés que pisavam a vida,
Sem olhar, sem sentir, sem atrever-se
A desejar ser, a pensar, a dizer,
Já morreu há muito tempo?

Espero que o mesmo vento que a levou
Sopre em teus ouvidos, e te ajude a entender
Meu novo olhar, meus novos sentidos,
Para que jamais te esqueças ou te percas
Em caminhos já de mim banidos.

Aboli palavras que me incomodavam,
Que ficavam zunindo por horas em meus ouvidos,
Apaguei os passos que me ligavam
A caminhos fechados,
Caminhos só de ida...

Voltei, renovada, mais aguerrida,
E a batalha que eu escolho lutar de hoje em diante,
É contra a manada dos meus próprios elefantes.
Expulso-os da sala - desenho mandalas,
Canto mantras que ninguém sequer escuta...

Não creio que a vida deva ser uma luta,
Mas um jardim que eu mesma escolho plantar.
Eu olhei para o jardim em meu retorno sem escolta,
E esse mesmo jardim, sorrindo, me olhou de volta.


Escrevi ontem o poema acima. Ele explica a mim mesma - como se resumisse parte da minha nova história. Muitas coisas aconteceram em minha vida nos dois últimos anos, e a maioria delas foi muito boa, pois mesmo que algumas tenham começado de forma aparentemente ruim, trouxeram-me ao momento atual.

Para começar, eu nunca antes em toda a minha vida, tinha sido engajada em causas políticas. Para mim, o mundo da política era apenas um lugar do qual eu queria distância e que, portanto, ignorava. Mas nosso país foi caminhando em uma direção cada vez mais perigosa, e chegou um momento (tenho certeza que muitas pessoas como eu e que também se engajaram na mesma causa também sentiram a mesma coisa) em que foi impossível simplesmente ignorar, deixar pra lá, como eu sempre fazia. Eu olhava as coisas acontecendo na Venezuela, comparava com o ritmo do que ia por aqui e pensava: estamos indo pelo mesmo caminho.

E eu não queria aquilo para mim. Não queria que o Brasil mergulhasse naquele mesmo caos - e já estávamos mergulhados até o pescoço, faltando pouco para sufocarmos de vez. Daí, me envolvi em coisas pesadas, pois  a política é algo pesado e cheio de negatividade. Paguei caro pela minha escolha, mas ao mesmo tempo, consegui ajudar a maioria das pessoas a parar aquele processo medonho no qual vínhamos caminhando. Acho que a vida é assim: existem momentos em que precisamos desarrumar a casa, hastear bandeiras, gritar, bater panelas; mas existem momentos em que precisamos acender um incenso e rezar, simplesmente.

Depois do objetivo alcançado, senti falta da minha paz de espírito. Minha intuição me disse: "Agora chega. Você fez a sua parte. Vá cuidar de você e esqueça o assunto, pois não é mais responsabilidade sua." E fui procurar outras coisas, sem saber bem o quê. Sentia que antes precisava me limpar daquela energia, e assim, acabei encontrando um curso de terapias holísticas que me despertou para muitas coisas em relação à minha espiritualidade, tão negligenciada; com ele, vieram as aulas de tarôt e as dezenas de livros sobre espiritualidade que passei a devorar, sem contar com os livros antigos que reli. Também abri um canal no Youtube, o Espiritualidade na lata. Escolhi este nome porque procuro sempre falar de uma forma breve e direta sobre aquilo que experiencio.

Também cheguei a alguns canais no Youtube que estão sendo de grande importância para mim; é isso: quando a gente muda a estação, as ondas certas nos chegam. Entre eles, estão o canal Escola Esotérica, que já recomendei aqui antes, e a minha mais recente descoberta (já citado em um de meus vídeos): Life By Lufe. Amo!!!

Estes canais se harmonizam perfeitamente a esta minha nova busca. Deixo aqui um dos vídeos do Life by Lufe, onde você poderá encontrar dicas sobre harmonização de ambientes, decoração, espiritualidade e grandes viagens espirituais. Só estou recomendando porque realmente gosto, está me fazendo muito bem assistir. Não conheço ninguém nesses canais, nunca conversei com eles e eles nem sabem que eu existo - e provavelmente, continuarão sem saber. Meu único interesse, é propagar essa energia vibrante e positiva que eles passam. Eis um dos vídeos. Impossível não amar.








6 comentários:

  1. Uma aplicação bem intensa. Adorei ler. Parabéns :))


    Hoje:-Amanhecer, na solidão dum olhar.

    Bjos
    Votos de uma óptima Quinta-Feira

    ResponderExcluir
  2. Que beleza de poesia e o final dela fala tudo!

    E todos passamos por mudanças e fico feliz em te acompanhar nelas.

    Torço por dias muito legais e que tudo engrene!
    Bjs,chica

    ResponderExcluir
  3. Um inteligente e reflexivo poema.
    A vida, nós mudamos a cada instante. Why not?

    Beijos, Ana!

    ResponderExcluir
  4. Olá Ana, a mudança muitas vezes nos trazem insegurança e medo, mas mudar de vez enquando também é bom. Um xeru!

    Sandra
    https://pedacinhobysandra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. "Não creio que a vida deva ser uma luta,
    Mas um jardim que eu mesma escolho plantar."
    A vida, minha Amiga faz-se de lutas e escolhas… A harmonia da sua vida há-de encontrá-la dentro de si. Gostei do poema e do seu texto.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.