terça-feira, 22 de novembro de 2016

Momento de Paz




O Paraíso
É quando estás em paz,
Envolto em branco
Bem no meio do arco-íris,
Descansando na  serenidade,
Sem querer prender a liberdade.

Estar em paz, é não querer mais nada,
A não ser agradecer pelo que tem,
Pelo que já é, e até
Pelo que jamais poderá ser.

É sentar-se lá fora, sobre a grama,
E fechar os olhos para melhor ver,
Abrir os sentidos,
Sentir no vento os cantos dos pássaros
Vindo, vindo, vindo, vindo...

Se houver chuva caindo,
Multipartir-se com as gotas
E cair junto com elas,
Achando que o dia é lindo,
Lindo, lindo, lindo, lindo...




3 comentários:

  1. Que lindo seu belo poema, amo essa paz, é bem assim, ficar olhando e ouvindo o silencio, sentir a vida em toda a sua grandeza, poder não ter mais nada a pedir e somente agradecer!
    Amei ler e ver seu belo blogue já personalizado para o Natal!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. O paraíso é o aqui e agora de acordo com o que semeamos ou deixamos de semear ao longo da estrada da vida.

    Lindo poema e forte reflexão.

    Beijão Ana ...

    ResponderExcluir
  3. Senti-me no Paraíso.Obrigado pela paz imensa que senti.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

IDADE

UMA BRINCADEIRA - MAS UMA BRINCADEIRA SÉRIA! IDADE A idade  tocou-me no ombro,  Perguntando: “Quem é você?” ...