Momento de Paz




O Paraíso
É quando estás em paz,
Envolto em branco
Bem no meio do arco-íris,
Descansando na  serenidade,
Sem querer prender a liberdade.

Estar em paz, é não querer mais nada,
A não ser agradecer pelo que tem,
Pelo que já é, e até
Pelo que jamais poderá ser.

É sentar-se lá fora, sobre a grama,
E fechar os olhos para melhor ver,
Abrir os sentidos,
Sentir no vento os cantos dos pássaros
Vindo, vindo, vindo, vindo...

Se houver chuva caindo,
Multipartir-se com as gotas
E cair junto com elas,
Achando que o dia é lindo,
Lindo, lindo, lindo, lindo...




Comentários

  1. Que lindo seu belo poema, amo essa paz, é bem assim, ficar olhando e ouvindo o silencio, sentir a vida em toda a sua grandeza, poder não ter mais nada a pedir e somente agradecer!
    Amei ler e ver seu belo blogue já personalizado para o Natal!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. O paraíso é o aqui e agora de acordo com o que semeamos ou deixamos de semear ao longo da estrada da vida.

    Lindo poema e forte reflexão.

    Beijão Ana ...

    ResponderExcluir
  3. Senti-me no Paraíso.Obrigado pela paz imensa que senti.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Postagens mais visitadas deste blog

Doce de Abóbora

VIDA

Sentidos