quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

ESCUTA












Escuta o que não dizem,
Escuta o que eles calam,
É bem mais verdadeiro,
É bem mais eloquente,
E muito mais sincero.

Escuta a cor dos olhos,
O brilho das pupilas,
Os cílios se movendo,
As lágrimas tremendo
À beira das retinas.

Escuta o gesto simples
Que é feito no escuro,
Na solidão das casas,
Por trás de cada muro,
Quando ninguém mais olha,
O vento sob as asas.

Escuta o absurdo,
Bem além das palavras,
Escuta o que é mudo,
O que nunca foi dito;
No que ninguém escuta
Habitam os sentidos.





6 comentários:

  1. acredito que sim, que assim é.
    gostei muito da forma como elaboras-te o poema, com uma mensagem bem positiva.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso é bom escutar
    Vídeo Novo: https://www.youtube.com/watch?v=0r34Wc33xns
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ana amiga, parabéns viu ? Amo a forma que você escreve, tão leve e de encontro com as expectativas de cada um. O importante é saber usar a audição da alma. Quando a usamos, sentimos e saboreamos o som do silêncio.

    Fique na paz,
    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ana, obrigado pelo carinho em todo o 2015 e muitas felicidades para você e todos por aí.

    ResponderExcluir
  5. Escutar o silêncio da vida. Excelente Ana. Luz e paz. Um Natal de muito amor e alegrias. Beijo no coração

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

O que Tem na Sua Playlist? Uma Interação

Inspirada por um comentário de paulo Bratz a um de meus posts, que fala sobre um aparelho de som que comprei na Black Friday,...