quinta-feira, 10 de maio de 2018

VENDAS ONLINE








Há algum tempo – mais precisamente, em 2014 – comprei um IPad. Usei-o pouquíssimas vezes, pois não gostei. A Apple tira a minha paciência, com todas aquelas constantes exigências de senhas e bloqueios repentinos. Da última vez, a nova senha que eu tinha escolhido por exigência da Apple para que eu pudesse acessar o MEU aparelho (e que eu tinha anotado em uma folha de papel cuidadosamente para que não errasse da próxima vez) foi bloqueada novamente pela Apple. Só que eles bloquearam tanto a minha senha daquela vez, que o tablet nem abria mais os programas; só aparecia uma mensagem dizendo que eu tivera meu acesso negado e deveria contatar o site da Apple ou um representante deles. Tentei várias vezes desbloquear o tablet pela internet, seguindo as instruções deles, e não consegui.

Acabei tendo que levá-lo a uma loja física e pagar cem reais pelo desbloqueio. Aquilo foi o fim da linha para mim, e decidi vender o tablet. Alguém me disse que havia algumas páginas de vendas online no Facebook, e acessei algumas delas. Escrevi o anúncio, que foi basicamente este aí abaixo, e postei na página de vendas:

-Vendo IPad 2 da Apple, praticamente novo e em perfeito estado, sem nenhum arranhão, na cor prata, 16 gigas de memória, tela de 10’’, comprado em 2014. Não aceito cheques, apenas dinheiro.

Logo alguém respondeu: “Põe uma foto!” Pensei: por que eu tenho que postar uma foto, já que todo mundo sabe como um IPad se parece? Mas tudo bem, coloquei a foto no site. E começaram os comentários:

-De que cor ele é?
-Quantos gigas de memória?
-Está funcionando bem?
-A tela é de quanto?
-Qual IPAd é? O 4?

Então, alguém me chamou inbox:

-Quero muito comprar. Quanto é?

Eu disse o preço, e ele concordou:

-Você guarda ele para mim até amanhã? Vou conseguir o dinheiro e a gente se encontra pessoalmente.

Concordei. Mas no dia seguinte, nada... Daí uma moça me chamou inbox. Fez todas as perguntas possíveis sobre o tablet – que já estavam respondidas no anúncio que eu escrevi e nos comentários, como respostas que dei às pessoas não tinham lido o anúncio direito. Respondi tudo de novo, e ela disse que “ia ver” e depois me chamava. Dois dias depois, ela ressurgiu das trevas:

-Você parcela?
-Não, é à vista, em dinheiro.
-Você aceita cartão?
-Não, sou pessoa física, e não pessoa jurídica.
-Mas existem pessoas físicas que aceitam cartão!
-É, mas eu não aceito. 
-Hum... vou pensar e depois te falo.

Nisso, o menino que disse que queria comprar me chamou de novo:

-Ana, desculpe, mas gastei o dinheiro... você guarda ele para mim por mais um mês?

Eu disse que não seria possível. Ele me pediu desculpas de novo.

Dois dias depois, a tal moça me chamou de novo. Começou a me bombardear com mais uma porção de perguntas que eu já havia respondido. Pediu desconto, perguntou sobre cheque pré-datado, enfim, me encheu a paciência. E sumiu.

Uma semana depois, ela voltou. Eu disse a ela que tinha vendido o tablet, pois eu não aguentava mais ficar respondendo às perguntas dela. E eis o que ela me respondeu:

-Como assim, vendeu??? Mas nós estávamos negociando! Mas não tem problema não, infelizmente, eu estou acostumada a lidar com gente da sua laia.

E eu:

-?????????

E ela desapareceu.

E não vendi o desgraçado do tablete. Continua por aqui. Outro dia, meses após deixa-lo aposentado em uma prateleira, coloquei-o para carregar, e ao abrir, pipocou a mensagem na tela: “Digite a sua senha.” Fui lá no caderninho e copiei a mesma senha que tinha cadastrado da última vez, e ele respondeu: “Senha inválida. Acesse nosso site.”


😭😭😭😭

6 comentários:

  1. Bom dia.A sorte que todos tiveram, ao não comprar, em não serem enganados como a amiga o foi, lool.

    * Amar-te na periferia do Contratempo *
    .
    Cumprimentos Poéticos

    ResponderExcluir
  2. rssssssssssss...Adorei a saga da venda... Infelizmente as pessoas não prestam atenção mais em nada...Fazem perguntas idiotas, ridículas que estão ALI escritas.Basta ler! Muito bom e rendeu um belo texto, mesmo que ainda o tenhas contigo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Em que pese toda a sua contrariedade com a situação não conseguir conter meu riso por aqui.
    A postagem é deliciosa e retrata de maneira incrível este nosso mundinho de hoje ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Gente eu também não tenho paciência para essas coisas de pedir senha, trocar, reiniciar rsrs, acho que eles ganharam em não comprar

    ResponderExcluir
  5. O melhor é não vender nada online. E nem comprar... Gostei da sua história.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Momentos que não deveriam existir, pois criaram toda esta tecnologia para facilitar e assim mesmo, você passa por todo este tormento.
    Tenha uma boa semana.
    Élys.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

La-La-Land - E Sobre Felicidade

Se você não assistiu ao filme, não veja este vídeo; é sobre o final. Finalmente, assisti ao filme La-La-Land. Queria vê-lo ...