quarta-feira, 5 de outubro de 2022

EMPATIA

 



Empatia nos dias de hoje é uma palavra que se tornou antipática, pois tem sido usada para propósitos ideológicos. Desenvolvi uma enorme antipatia pela palavra empatia. 

Mas antigamente o significado psicológico desta palavra costumava ser colocar-se no lugar do outro e sentir o que ele sente, compreendendo-o melhor. Empatia nada tem a ver com ser doce (conheço pessoas que destilam açúcar pelos poros, mas têm o coração amargo), falar bonito (as maiores falácias saem das bocas de pessoas letradas, envoltas na maciez de palavras cuidadosamente selecionadas para disfarçar suas verdadeiras intenções), ou fazer aquilo que todos esperam que seja feito (mesmo que isso signifique cometer erros a fim de obter a aprovação alheia). 

Hoje, ter empatia significa pertencer ao grupinho “do bem”, que se senta confortavelmente nos restaurantes caros de países estrangeiros a decidir o futuro de um país ao qual eles nem mais pertencem. Empatia significa concordar com tudo o que alguém faz, mesmo que seja errado, mesmo que seja criminoso, mesmo que tudo seja mentira, pois admitir que passou anos acreditando em uma falácia é algo muito difícil de se fazer. Melhor tentar encontrar justificativas para continuar rezando ao santo do pau oco. Ter empatia é acreditar que alguém que passou ANOS predando um país na maior cara de pau, e que foi preso e condenado por isso (mesmo que tenha sido solto através de uma das brechas da nossa (in)justiça falha), possa, de repente, decidir que vai ter caráter daqui para frente.

Sinto muito, se isso é ter empatia, eu não tenho nenhuma.





Um comentário:

  1. Para mim empatia continua a ser, como muito bem refere, pôr-se no lugar do outro, tentar sentir o que o outro sente para o compreender melhor... O resto é resto...
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Parceiros

VOZ

    Voz que viaja, se erguendo De sustenido a sustenido Mas nunca chega a um par de ouvidos.   Voz que se eleva, e que grita, Aflita, inflam...