quarta-feira, 23 de junho de 2021

AQUI, EU DESOBEDEÇO


 


Aqui é onde eu cresço,

Envelheço,

E descaradamente,

Desobedeço.

Aqui eu (des)arrumo

A minha (des)decoração.

Aqui, eu resolvo as pendengas

Do meu próprio coração.






8 comentários:

  1. Lindo ser dona do lugar e fazer o que quiser,né? E que ninguém o bedelho meta,rs...beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde de paz, querida amiga Ana!
    Estamos numa idade (maturidade) que nos é permitido sermos donas da nossa casa exterior e interior. Que alívio!
    Lindo post;
    Tenha um anoitecer abençoado!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Querida Ana, que lindo o seu lugar aonde você pode ser você mesma,delicia isso, viver é isso, amei!
    Abraços sempre bem apertados, gostei dos versos inspirados!😍

    ResponderExcluir
  4. E que benção ter um lugar todo seu, para arrumar e desarrumar, se rebelar, se perder e se reencontrar.
    Lindos versos, Ana, beijinhos e bom final de semana
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Aí é seu paraíso nesta linda região e pode se sentir dona do mundo e tudo pode, inclusive fazer poemas lindos de alta sensibilidade.
    Voe Ana.
    Abraços amiga e feliz semana.

    ResponderExcluir
  6. Um lugar onde se sente bem e segura. Que bom!
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. E viva a liberdade!

    Estou despedindo-me... Vou estar ausente um tempo...
    Abraços
    ~~~

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Parceiros

EU

  Eu tenho passado por mim Inúmeras vezes Ultimamente. Estanco meu passo de repente Fitando a minha imagem que passa, E ela segue ...