sexta-feira, 23 de julho de 2021

COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÃ

 



Como se não houvesse amanhã,

Ele acordou naquele dia se sentindo mais vivo,

Abriu a janela e percorreu as curvas das montanhas

Com as pontas dos dedos.

Deixou que as pupilas ficassem, por instantes,

Nos miolos das flores,

E cumprimentou cada uma delas, dizendo seus nomes.


Como se não houvesse amanhã, ele respirou profundamente,

Sentindo a vida entrar pelo seu corpo bem devagar,

Preenchendo todos os espaços.

Absorveu os mormaços do sol,

Saudou as gotas de chuva, 

Pisou na grama, descalço.


Como se não houvesse amanhã,

Ele fez as pazes com todo mundo,

Até mesmo com quem o havia magoado

Profundamente,

Erguendo seus rostos para olhá-los nos olhos, sem mágoas,

Eles, que haviam pisoteado em seu solo as melhores sementes,

Frustrando o plantio de seus mais preciosos sonhos.


Como se não houvesse amanhã, 

Ele abraçou cada um dos seus amigos, e riu com eles,

Esquecendo de olhar-se no espelho,

Dissolvendo-se, doando-se, mesclando-se a todos,

Tornando-se, ele mesmo, o reflexo de cada um

Daqueles que amava.


Como se não houvesse amanhã,

Ele esqueceu as próprias dores, seu calvário,

E tratou de ser mais solidário

Com a pequenas dores alheias, as mais corriqueiras,

Sem minimizar nenhuma delas.


Abriu portas e janelas, 

Deslumbrou-se com o sol que se punha,

Saboreou a comida simples como a um banquete,

Doou a maior parte de tudo o que mais amava

Beijou sua garota com mais paixão  que  de costume,

Exatamente como se não houvesse amanhã.


E ele fez bem, pois não houve,

Levou-o daqui o mesmo vento que o trouxe,

Deixando-nos órfãos do seu sorriso...

E as suas pegadas,

Foram aos poucos sendo apagadas,

Pois as estradas por onde ele seguiu

Nos eram fechadas.








5 comentários:

  1. Ane, arrepiei todinha com tanta profundidade...E é uma pena mesmo que alguns só acordem pra tudo que os cerca, pra tudo que têm, quando a hora de despedida chegou...TRISTE,LINDO! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Lindíssimo texto de homenagem a quem se deixou maravilhar pela Natureza, foi grato à Vida, foi fraterno com os outros, "como se não houvesse amanhã"...
    Um bom fim de semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. É envolvente, surpreendente - pela positiva -, "delicioso"!
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Muito bonita Ana, que me fez lembrar de uma canção que fala do amanhã como algo distante e se não fosse as estradas a solidão seria nada.
    Belas postagens Ana.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

SÓ QUERO TER O DIREITO DE DIZER O QUE EU QUISER.

  Porque palavra calada É uma vida sufocada, Eu quero ter o direito De dizer o que eu quiser. Caso eu esteja certa,  Ou mesmo estando errada...