Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

A CAUSA ANIMAL

Imagem
Não acredito muito em causas, sejam elas quais forem, pois tenho visto que muitas boas intenções acabam servindo de lenha para manter aceso o fogo do inferno. Porém, se eu fosse defender alguma causa, com certeza seria a dos animais – seres inocentes e indefesos que sofrem com as crueldades e desmandos da raça humana, sem nada terem feito de ruim para merecerem tantos maus tratos. Admiro as pessoas de bem que realmente estão comprometidas com a defesa dos bichinhos, sem interesses próprios envolvidos – o que é mais raro. Porém, sou contra a bandeira que diz: “Não compre; adote.” Acho que bicho é aquela coisa de olho no olho, amor à primeira vista, e se eu me apaixonar por um bichinho que está em uma gaiola na pet shop, eu vou comprá-lo. Eles também merecem uma chance de serem amados e felizes em um lar, assim como os cães vira-latas! De certa forma, as pessoas que compram animais também estão contribuindo com a causa, já que os livram de continuarem engaiolados ou de servirem de repr…

EXAGEROS

Imagem
Você não tem que perdoar tudo o que te fazem, por mais que as outras pessoas digam isso o tempo todo. Duvido que elas mesmas pratiquem o que pregam. Você não tem que fingir que sente algo que não sente de verdade.
Mas aquilo que você não consegue perdoar não deve se tornar uma obsessão, um pensamento fixo. Melhor é tentar esquecer e seguir em frente. Vingar-se pode ser bem mais doloroso do que seguir em frente, e dá muito mais trabalho – sem contar que a vingança cria uma energia negativa que fica pairando em volta de quem se vinga, contaminando o ambiente e afastando as boas pessoas e os bons fluidos. A vingança pode deixar você fisicamente doente.
Porém, hoje em dia somos dados a exageros. Tais exageros apaixonados colocam-nos em situações terríveis e emocionalmente desgastantes. Muitas vezes – e isto também já aconteceu comigo – perdemos a razão porque deixamos que as palmas das nossas mãos caiam pesadas demais sobre alguém.
Você não precisa desejar que a pessoa que o ultrapassou …

Dentro

Imagem
Dentro de cada pessoa Existe um quarto vazio, Que mostra uma paisagem fria Onde raramente chega A luz fraca de um dia.
Existem estradas longas Já há muito abandonadas, Estradas por onde passamos Mas que deixamos para trás, E nunca mais foram trilhadas.
Dentro de cada pessoa, Existem portas entreabertas, E mil janelas fechadas.
Dentro de cada pessoa, Existem rios que correm Caudalosos, carregando As saudades afogadas Para um mar que não sabemos.
Existem casas desertas, Por onde ninguém mais passa, E onde ninguém mais mora, A não ser nossos fantasmas.
Dentro de cada pessoa Existem muitas perguntas, Que por medo ou precaução Jamais foram formuladas.
As respostas, me disseram, Vão com os rios caudalosos, Que desaguam, cedo ou tarde, Em imensos oceanos, E escondem-se nas trilhas Dos caminhos misteriosos, Nas casas abandonadas Por trás das janelas fechadas, E das portas que trancamos.




HUMANIDADE

Imagem
Existe um nome que hoje ecoa na mídia, e que jamais será esquecido: Aleppo. Imagens das crianças que foram mortas ou que perderam suas famílias correm pela internet e pelos jornais e revistas do mundo todo. E eu fico me perguntando o quanto a raça humana progrediu ao ver cenas como as que foram mostradas ontem no programa Fantástico. 

2016 foi um ano dramático. Nosso país está mergulhado em lama, sujeira, corrupção e oportunismo. Parece não haver um prazo para que estejamos de pé após esses últimos anos de roubalheiras, que continuam. Mais de doze milhões de desempregados vão passar pelo natal sem ceia e sem presentes. 

A Venezuela, tenta sobreviver à fome e à ditadura cruel de um político enganador cujo único objetivo é manter-se no poder. Maduro já caiu de podre, e ainda não percebeu. Enquanto isso, nas ruas as pessoas recorrem aos saques – talvez, numa tentativa desesperada de salvarem suas famílias de morrerem de fome.

Mas nada se compara a Aleppo e às suas crianças massacradas. …

Mil Mortes

Imagem
Ah, a dor de morrer mil vezes, Sob o peso dos mesmos pés, Que pisam, inclementemente As asas mais distraídas!
Destruir a própria vida Após o mais longo inverno Pensando já ter cumprido Uma estadia no inferno!
Segunda morte, que mata Mais forte, e profundamente Aquilo que está por dentro Apodrecido, demente!
Ah, a dor de errar de novo Brandindo uma vara curta Contra os tentáculos fortes Do mais destemido polvo!
Morder a flor entre os dentes Até que se quebre o galho, Amordaçar fortemente Silenciando o ato falho!
Mistério, é tudo mistério, Do começo até o fim Pois quem morreu, retornou E passa a zombar de mim!
Ah, a dor de morrer de novo Sob as rodas mais pesadas Da carruagem, que passa, E dela, não fica nada...
E o cão só ladra, só ladra, Uivando, às vezes, à lua Que observa, refletida Na suja poça da rua!
Na poça da mais vil lama, A imagem refletida De quem almejava o céu Mas perdia a própria vida...




Os Piores Fantasmas

Imagem
Os piores fantasmas
Não carregam nenhuma
Memória,
Os piores fantasmas.
São únicamente
Histórias
Já contadas.


Almas transformadas
Implodidas pela ambição,
De olhos insensíveis
E mãos separadas.

A eles, nada importa,
Nada conta,
Nada.



Os piores fantasmas
Ainda nem morreram,
Sentam-se, indiferentes, 
À mesa
De uma ceia indigente,
Os queixos apoiados nas mãos,
Os olhos perdidos,
Separados para sempre
Por milhas e milhas
De palavras malditas
Mal ditas.

São vidas sozinhas
Que perderam o encanto.
Sorriem nas fotos,
Entretanto...



ESQUECIDA

Imagem
Paisagem esquecida De terra árida e águas corrompidas: Assim tem sido a tua vida.
Estradas largas e desertas, Por onde andam fantasmas esgarçados, Desbotados, carcomidos, E sem memória.
Ah, o surreal e abstrato Mundo insandecido Onde passos vacilantes Já não conhecem os caminhos!
E os gritos lancinantes Não encontram a paz final, O porto seguro De um par de ouvidos!






COMO VOU ADORNAR A MINHA ÁRVORE DE NATAL? - INTERAÇÃO COM ROSÉLIA BEZERRA

Imagem
Bem, a minha árvore já está prontinha, desde novembro. Sempre a monto mais cedo, pois gosto de manter o clima de natal em casa por mais tempo.




 A cada ano eu coloco luzes de cores diferentes - brancas, multicoloridas, azuis, verdes... mas este ano eu escolhi rosa - a cor do amor - justamente porque eu acho que é disso que o mundo precisa.





Antes, vermelho era a cor do amor, mas com o uso que está sendo feito desta cor atualmente, preferi não usá-la em minhas luzes... embora eu goste de tê-la como a cor predominante do natal! 



Também incluí um boneco quebra-nozes - sempre quis muito ter um, mas ou eram muito caros, ou então não tão bem acabados. Finalmente, encontrei um que me agradou.




Meu marido me presenteou com esse pequeno presépio luminoso (primeira foto), que quando aceso, deixa o Menino Jesus dentro de uma esfera de luz cujas cores vão se alternando.



Para mim, As cores do Natal são vermelho e verde, então coloquei-as no tapete (vermelho) e nas almofadas do sofá (verdes) e no panô…

ABORTO COMO MÉTODO CONTRACEPTIVO

Imagem
Existem mulheres que são favoráveis à legalização do aborto. Eu não sou, a não ser em casos de estupro, problemas graves de má formação do feto ou quando a mulher corre risco de morte. Não por eu ser moralista, muito menos, religiosa - coisas que nunca fui - mas tenho as minhas razões.
-Em primeiro lugar, eu acredito que a mulher tem sim, o direito de tomar as decisões que quiser no que concerne ao uso do seu próprio corpo. Ela pode engordar, emagrecer, fazer exercícios físicos, tornar-se sedentária, tatuar-se, encher o corpo de piercings, raspar os cabelos, e até amputar as próprias partes (ou acrescentar outras). Porém, quando se fala em aborto, não é o corpo da mulher que está em jogo, mas um um outro corpo e uma outra vida que está dentro dela, cuja opinião ninguém perguntou, e que é fruto (na maioria das vezes) da irresponsabilidade e do egoísmo alheios.
-Em segundo lugar, não acho que o aborto possa ser considerado um método contraceptivo, pois antes dele, há muitos outros que …

EU SOU EGOÍSTA.

Imagem
Alguém chamou-me de egoísta por eu não concordar com o comunismo. Admito: sou egoísta mesmo.
Sou uma pessoa muito egoísta. Eu me recuso a dividir com os outros as coisas que eu consegui através do meu trabalho. Sou uma coxinha irascível, assumida e com assinatura – é assim que me descrevem, e eu assumo. Se eu ajudo outras pessoas? Não saio por aí fazendo propaganda disso, e nunca vou fazer. Mas penso que ajudo muito mais do que quem vive proclamando bondade e abnegação online. E não, eu não gostaria de dividir a minha casa com outra família, nem digo que gostaria.
Sou tão egoísta, que acredito em coisas surreais, como por exemplo, no trabalho, na educação e na força de vontade das pessoas. Eu acho que todo mundo tem condições de trabalhar e obter uma vida melhor através dos próprios méritos. E acredito que uma vida melhor não signifique ser rico, mas ter uma vida melhor do que aquela que nossos pais tiveram. Sou tão absurdamente egoísta, que não aprovo o aborto, mas aprovo o controle…